Femtechs e bem estar feminino.

Já ouviu falar em femtechs?
O termo designa startups que oferecem soluções focadas na saúde e bem-estar da mulher.
Segundo uma pesquisa da Frost & Sullivan, essas empresas podem movimentar até US$ 50 bilhões nos próximos cinco anos.
No Brasil, as femtechs ainda representam um número tímido em comparação a outros segmentos, mas o mercado já está avaliado em cerca de US$ 5,8 milhões.
Entre os principais serviços oferecidos, podemos citar soluções nas áreas fitness e acompanhamento do ciclo menstrual e fertilidade, menopausa, gravidez e amamentação, entre outros.
Como ainda são poucas as startups que exploram esse mercado, vale lembrar que o nicho possui um público ativo e disposto a investir. Segundo pesquisas, as mulheres movimentam US$ 500 bilhões por ano em despesas médicas.
Aproveite e conheça nossa oferta EGRE11 uma forma de investir em empresas de inovação.

Acesse

Share